quinta-feira, 25 de julho de 2013

Armado em qualquer ocasião!


Sem dúvida, um dos maiores benefícios de ser policial é portar uma arma de fogo. A vantagem num conflito de vida ou morte sempre pende para aquele que tem uma arma nas mãos. Ser responsável pela própria segurança e capaz de se defender com o único instrumento que iguala todos os homens é algo que nenhum policial quer renunciar.

É estranho e ao mesmo tempo paradoxal um policial rejeitar a ideia de depender exclusivamente da polícia para se prevenir e se defender dos criminosos. Todavia isso é compreensível, já que todo policial experiente sabe que as instituições policiais e o Estado são parte da solução, mas também parte do problema. Mas felizmente quem faz a polícia são os verdadeiros policiais. Essa é outra vantagem de trabalhar na polícia: contar com o auxílio de uma centena de amigos policiais; todos armados, é claro!

Criminosos sempre portam armas. Todos eles! Então, é de se imaginar que policiais também portem suas armas. Sempre! Contudo, alguns acreditam que o porte de arma é opcional ou que existem situações em que o porte é desnecessário. E quem disse que na atividade policial o porte da arma é uma questão de moda ou gosto pessoal!? Quem disse que se pode escolher!? Por essa razão, muitas empresas (estrangeiras) desenvolvem coldres para várias ocasiões, quer dizer, o coldre muda, mas a arma está sempre com o policial. Se ainda há dúvida sobre a necessidade de portar uma arma, basta a análise das notícias sobre assassinatos provocados por bandidos profissionais para perceber que 100% dessas mortes são causadas por armas de fogo. Agora advinhe que instrumentos esses criminosos utilizarão para tentar matar você!

Entretanto, e apesar dos benefícios, o porte de uma arma trás algumas preocupações, bem como mudanças no estilo de vida e no guarda-roupa. A primeira dessas preocupações é não parecer estar armado, princípio fundamental do porte dissimulado. Talvez por não saber o que fazer para seguir essa regra básica, o policial cometa erros imperdoáveis, tais como: deixar a arma dentro do carro, na mochila, na pochete ou na bolsa da esposa, etc. Só para lembrar, se a arma não está EM você (colada no seu corpo), então você não está armado, apesar de ter uma arma de fogo. E isso é de extrema importância no momento da necessidade, ou seja, no instante em que alguém se aproxima e diz: "É um assalto!" Armas de fogo são como cuecas; se você não está vestindo uma, então está pelado! Portanto, da próxima vez que sair de casa, verifique se você está VESTINDO sua arma.

No dia 20 de julho de 2013, após uma partida de futebol, um policial entrou no carro e foi rendido por dois ou três criminosos. Enquanto era levado para um bairro distante, o policial teve a convicção que morreria se não reagisse. A reação seria perfeitamente possível se não fosse por um detalhe: a arma estava debaixo do banco do veículo. Num golpe de sorte, a vítima conseguiu alcançar a arma e atirar contra o bando. Houve troca de tiros, mas ninguém acertou ninguém; fato típico quando o desespero está presente. Eu disse SORTE já que não é possível falar em perícia, pois não existe técnica que ensine saque de arma escondida debaixo do banco do carro (veículos não foram feitos para guardar armas de fogo).

A dinâmica desse evento tem um fator didático, e é isso que será explorado nesse artigo. Quer dizer, como portar sua arma nas situações mais improváveis. Tais condições não deveriam ser discutidas na Internet, considerando a possibilidade de criminosos terem acesso à informação. Contudo, é preferível orientar os policiais a manter o silêncio enquanto muitos cometem aqueles erros imperdoáveis.

A roupa padrão do policial à paisana é a calça comprida e a camisa para o lado de fora. Criminosos profissionais também utilizam esse "uniforme". O "uniforme" do bandido pé-de-chinelo é o bermudão e a camiseta para o lado de fora. Obviamente, não é possível portar uma arma de fogo usando uma bermuda e uma camiseta, certo? Errado, é possível sim (apesar da dificuldade no saque). Para o porte tão dissimulado existe um coldre denominado SMART CARRY HOLSTER, uma espécie de sacola amarrada em volta da cintura que mantém a arma sobre o órgão genital coberta pela calça. Entretanto, esse não é um coldre para se usar com calças, mas para se usar com bermudas e shorts. Via de regra, calças são utilizadas com cintos ou não possuem cinturas elásticas. Dessa forma, é extremamente difícil e lento sacar uma arma guardada em local tão inacessível de modo imediato. Já as bermudas, moletons e shorts não necessitam de cintos, o que permite que o policial comprima o abdômen ou, simplemente, estique o elástico do vestuário para ter acesso ao armamento (refiro-me à arma de fogo). Esse é um tipo de coldre ideal para armas de pequeno tamanho, como revólveres 5 tiros e pistolas subcompactas, como as Glocks 26/27/28.

Outro modelo de coldre designado para condições fora do normal é o BELLY BAND HOLSTER. Na verdade, esse coldre é uma faixa elástica que pode comportar uma variedade de tipos e modelos de armas, carteiras, carregadores, lanternas pequenas, chaveiros, etc. É ideal para a prática de esportes como o ciclismo, a corrida, a caminhada. Por tratar-se de uma cinta unida nas extremidades por velcros, esse coldre permite que a arma seja mantida na posição mais adequada à modalidade esportiva que o policial está praticando. Por exemplo, a faixa pode ser girada para que a arma fique sobre o abdômen quando o policial estiver praticando o ciclismo. Nesse esporte, o policial fica curvado para frente, e se a arma estivesse na lateral do seu corpo, surgiria um ressalto sob a camiseta. O Belly Band Holster (imagens 1 e 2) também é muito útil quando se carrega uma mochila nas costas, considerando que as alças da mochila impedem o acesso e o saque de uma arma coldreada na lateral do corpo. Outra vantagem desse coldre é que ele pode ser usado com qualquer tipo de roupa (calças com ou sem cinto, bermudas, bermudões, shorts). Lembre-se que a presilha deve envolver ou passar sobre o ferrolho (cobrindo o cão), e NUNCA sobre a armação (punho/beavertail) da sua arma. Caso contrário, ao empunhar a arma, sua mão ficará sobre a presilha do coldre, impedindo o saque rápido.


Uma terceira opção é utilizar o cinto tático, como o Blackhawk, ou um cinto de guarnição (imagens 3 e 4). Como não necessitam de passadores para se fixarem ao vestuário, esses cintos são excelentes opções para o porte de arma com roupas esportivas. Você também pode utilizar cintos com fivelas em forma de argolas e um coldre de polímero (Fobus ou IMI).

 
Certamente, você não pode portar sua arma enquanto joga bola, basquete ou peteca. Contudo, existem opções para o porte de arma mesmo com roupas esportivas. Sabendo que isso é plenamente possível, espera-se que você exerça seu sagrado direito de portar sua arma de fogo e se defender em qualquer condição e em todos os lugares. 

Humberto Wendling é Agente Especial da Polícia Federal, Professor de Armamento e Tiro e autor do livro Autodefesa Contra o Crime e a Violência – Um guia para civis e policiais.
E-mail: humberto.wendling@ig.com.br
Blog: www.comunidadepolicial.blogspot.com
Twitter: twitter.com/HumbertoWendlin
Livro: www.editorabarauna.com.br

50 comentários:

  1. Humberto, meus parabéns pelo artigo.

    Até bem pouco tempo atrás, eu era de opinião que o cara deveria andar armado O TEMPO TODO.

    Mas depois fui parar para pensar um pouco nos acontecimentos.

    É interessante que se evite ser assaltado, adotando hábitos seguros.
    Por outro lado, quando o são (assaltados), muitos (seria a maioria?) dos agentes da lei são reconhecidos como tal (pela arma!) e executados. Talvez se tivessem desarmados, poderiam sobreviver (claro que, armados, se tivessem percebido a ação do assaltando a tempo de reagir, também).

    O latrocínio AINDA não é a regra, mas se o cara for encontrado com uma arma, pode contar que a morte é 100% de certeza.

    Bom, todo esse rodeio foi pra dizer que, na rua, talvez seja mais fácil MORRER estando armado do que desarmado.

    Forte abraço e obrigado por, mais uma vez, nos presentear com um post bacana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho a mesma dúvida que você, KM.

      Excluir
    2. KM, com o devido respeito, mas acredito que você deva refletir mais um pouco. Pois os bandidos atualmente estão matando mesmo os que não reagem. Seja por pura maldade, para se mostrar mais homem entre seus comparsas, por imperícia no uso da arma de fogo, mas estão matando. Basta demorar um pouco a entregar o seu bem, fazer movimentos bruscos, dar ré no carro para sair da situação ou, como eu disse, nem precisa fazer isso... Essa é realidade, então, vejo que portar uma arma de fogo é a única chance que temos de sair vivos de uma situação violenta.

      Excluir
    3. KM, se você for policial, tiver porte de arma e uma arma de fogo para usar fora do serviço (infelizmente, já vi que em algumas polícias, o policial não pode levar a arma para casa) e mesmo assim escolhe não portá-la, espero que você nunca passe por alguma situação em que o emprego de força letal para cessar uma violência seja indispensável. Pois com certeza o arrependimento seria enorme.

      Excluir
    4. Caro Anônimo.

      1. Já fui policial e não sou mais. Quando era, sempre andava armado, até que obrigaram a gente a devolver a arma quando acabasse o serviço, rsrs. Sabe por quê? Porque um policial foi para um "cabaré" de 5ª categoria e supostamente, foi agredido por um segurança armado e meteu bala, atingindo 2 pessoas. A arma travou e ele foi linchado, só não mataram com a propria arma (era da policia) porque ela tinha travado e os caras não conseguiram disparar.

      2. Apesar da maldade, etc, etc (estão queimando gente, meu deus!), o latrocínio AINDA não é a regra. Ou seja, AINDA É mais fácil de, em caso de assalto, morrer do que não morrer.

      3. Também espero nunca passar por uma situação dessa. A minha reflexão é porque geralmente o cara é pego de surpresa. Claro que devemos nos policiar para não sermos pego, mas o que GERALMENTE ocorre é isso, somos surpreendidos em ambientes fechados, em distâncias pequenas, e o cara já chega de arma em punho e com dedo no gatilho...

      K

      Excluir
    5. Veja esses dois videos e decida, é ou não é melhor estar armado em qualquer situação?

      No primeiro mostra duas situações, uma frentista sendo agredida enquanto trabalhava(estava desarmada) e um frentista do mesmo posto matando um assaltante.

      http://www.youtube.com/watch?v=HmqBAshQlSQ

      No outro o assaltante poe a arma na cabeça da vitima que consegue reverter a situação sacando sua arma e matando o bandido.

      http://www.youtube.com/watch?v=t1sgUfOAOHs

      Ainda tem duvida que estar armado te dá melhores chances de se defender?

      Excluir
  2. Uma pena que nós civis não podemos ter o mesmo privilégio de andar legalmente armado.

    Muito bom o artigo.

    ResponderExcluir
  3. Para isso se faz necessário o treinamento para desarmar o assaltante e não o desarmamento do policial. Não faz sentido.

    Lembrando: Ao desarmar um individuo, guarde a arma e saque a sua arma. Por isso se faz necessário sempre estar armado, por não saber se a outra arma esta municiada, se a munição é utilizável, e a quantidade que há de munição. Feito isso, é só concluir. 'hehehe'

    ResponderExcluir
  4. Prezado Humberto, parabéns pelo excelente artigo, muito oportuno. Com certeza o senhor ajuda muitos policiais brasileiros.

    Já li todos os artigos escritos pelo senhor e não encontrei nada que não pudesse ser publicado, já que comentou sobre a possibilidade das informações aqui postadas serem utilizadas por bandidos.

    É muito importante os policiais estarem conscientes da imprescindibilidade de se portar a arma de fogo o tempo todo.

    Agora, recordo-me da morte de um policial civil do meu estado que poderia ter sido evitada se ele estivesse vestindo sua arma.
    Resumidamente: ele foi correr na praia e deixou sua arma de fogo no carro. No momento em que voltou para o carro, foi abordado por três marginais. Ele tentou pegar a arma, mas o bandido percebeu e atirou primeiro; o policial morreu dentro do próprio carro e o bandido que atirou pegou a arma do policial e fugiu. Na fuga, os três acabaram sendo detidos por dois policiais militares.

    Certamente, se o policial estivesse com sua arma na cintura, teria grandes chances de agir antecipadamente contra esses bandidos. Como aconteceu na praia, é muito provável que o policial tenha visto os bandidos antes mesmo de chegar ao carro, e aí, agiria, mas sem arma não era possível.

    Passarei esse artigo para um policial civil de operações especiais que conheço, ele mesmo quando vai praticar atividade física ao ar livre não dispensa sua arma de fogo, mesmo que portando improvisadamente.

    Eu ainda não sou policial, mas assim que conseguir me tornar um (espero que logo), sempre vestirei minha arma, e em casa ela estará sempre ao meu alcance. Atualmente, eu já não saio de casa sem um bastão expansível tático e um faca tática, porto essas armas desde os 17 anos de idade (fiz cursos para aprender a usá-las eficientemente).

    ResponderExcluir
  5. Discordo de vocês.. não sou policial, mas trabalho em uma unidade de segurança pública e defesa civil.

    Alguns dos nossos policiais já foram assaltados e tiveram suas armas roubadas, sem capacidade de reação. Tenho outros amigos policiais que também passaram pela mesma situação.

    Eu também discordo de andar armado 100% do tempo, acho que não é possível estar com alerta máximo (forma correta de se comportar portando arma) 100% do tempo. No entanto, na prática não tem nada disso de "morte certa se estiver armado"... pode acontecer, mas duvido que haja uma estatística apontando como "regra".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem, de fato, por mais preparado, atento e experiente que o policial seja, é claro que ele pode acabar sendo executado; reação armada não é uma ciência exata. Mas ainda assim, prefiro sempre ter a possibilidade da reação, não aceito a ideia de não poder me defender; e se for o caso de morrer, prefiro morrer como um guerreiro, levando alguns bandidos comigo.

      Ah, e do mesmo jeito que há, infelizmente, vários casos de policiais sendo rendidos e até sendo mortos, há também outros muitos casos de reações muito bem sucedidas.

      Eu me lembro até hoje de ter visto na TV sobre a reação de um policial civil do Rio de Janeiro (aconteceu há pelos menos 6 anos). Como sabemos, naquele estado os bandidos estão quase sempre armados com fuzis, e foi justamente o que aconteceu: bandidos desceram do morro para roubar carros portando fuzis M16, AR-15 e com quem se depararam? Com um policial civil da CORE (Coordenadoria de Recursos Especiais), o carro dele estava cheio de pessoas e somente ele armado. Resultado: ele reagiu alvejou e matou dois bandidos e colocou os demais pra correrem de volta pro morro. Ele tinha apenas uma pistola. Mesmo em desvantagem em número e armamento, ele foi vitorioso e protegeu a todos.

      Excluir
  6. Enquanto, nós civil, somos cordeirinhos nas garras do leão! Um assaltante entra em um restaurante com 100 pessoas e sabe que a probabilidade de alguém estar armado é remota! Que diferença tem um policial de um civil que leva uma vida digna? Não sou da turminha que quer restringir armas, gostaria que qualquer cidadão de bem pudesse ter o direito de ter uma 357 no coldre proto para cuspir fogo no vagabundo!

    ResponderExcluir
  7. Como se costuma dizer, a primeira regra de segurança com armas de fogo é: PORTE UMA!

    ResponderExcluir
  8. O policial tem que portar sua arma até quando vai ao banheira e deve reagir sempre. O vagabundo não perdoa ninguém. O cara que escolheu ser policia tem que estar sempre preparado. Tem portar sua arma até quando vai ao banheiro. O policial corre o risco de ser reconhecido na rua por algum vagabundo. Não só por causa de assaltos.

    ResponderExcluir
  9. Artigo excelente!
    Faltou apenas dicas para nós policiais Fem...
    Estou finalizando meu curso de formação e ainda me pergunto se "vestirei" minha arma em todas as circunstâncias.Para nós mulheres é mais complicado manter a discrição.

    ResponderExcluir
  10. Excelente artigo. Esclareceu-me muitas dúvidas.

    ResponderExcluir
  11. Onde encontro esse SMART CARRY HOLSTER para comprar??

    ResponderExcluir
  12. cara ,eu tenho 26 anos de cana,trabalhei em locais que tinham contatos direto com pebas,sempre fui e sou cana de rua,digo,ande portando sua arma,conduza sempre sua arma,o dilema é ,todos os pebas sabe que somos policia,porém ,nos não sabemos muitas das vezes na rua quem é o peba,então irmão, ande armado,se tiver oportunidade deixe a mãe do marginal chorar,procure praticar um pouco de tiro,trate sua arma como se fosse sua namorada ,sempre juntinho,fui.

    ResponderExcluir
  13. Estou pensando em importar esse coldre:
    https://www.youtube.com/watch?v=64WJX9xew4k
    Tem um conceito muito simples, praticamente nao adiciona volume a arma e fixa bem. O que os senhores acham?

    Abs.

    ResponderExcluir
  14. É sério que você pretende confiar em um coldre que não esconde a tecla do gatilho, que deixa sua arma em contato com o suor de seu corpo e que ainda introduz um objeto no cano de sua arma?

    Na boa, que porcaria!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Caro Daniel, os coldres mencionados no texto escondem a tecla do gatilho, não deixam a arma em contato com o suor do corpo mais do que outros modelos para porte dissimulado e não introduzem um objeto no cano da arma. Por essa razão, não ficou claro a proposta do seu comentário. Contudo, a ideia do artigo é informar aos colegas que portam armas que existem opções para estarem armados na maioria das situações, inclusive naquelas em que não se esperar portar uma arma de fogo com discrição.

      Forte abraço.

      Humberto Wendling

      Excluir
    3. Acho que o Daniel comentou sobre o coldre sugerido pelo Anônimo no comentário acima (Versacarry Concealed Carry Holster).

      Excluir
  15. Boa tarde Humberto, o texto ja foi creditado ao seu Blog. Desculpa e obrigado pela atenção.

    Blog Combate Policial

    ResponderExcluir
  16. Humberto,

    Na verdade, referi-me ao coldre sugerido pelo Anônimo, como mencionou o Marcelo Pilger. Se você tiver um tempo, veja o vídeo. Particularmente, nunca vi algo mais bizarro com essa finalidade...

    Abraço.

    ResponderExcluir
  17. Olá Humberto, achei seu livro na internet pela Livraria Cultura

    http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=42091563&sid=6624976841551961705474974

    posso adquirir por aqui ou somente Baraúna?

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro leitor,

      sugiro que adquira o livro pela Editora Baraúna (www.editorabarauna.com.br). Basta realizar o cadastro e selecionar a categoria "Policial". Boa leitura e forte abraço.

      Excluir
    2. Também já está disponível na loja da Apple, para iPad e iPhone: 6,99 dólares. Bem mais em conta que a versão impressa!

      Excluir
  18. Grande humberto parabens e muito obrigado pelas dicas de seguranca no dia a dia policial, mas eu queria saber oque voce acha sobre aquele fato que ocorreu em Sao paulo da familia de PM`s supostamente morta pelo menino de 13 anos sera que e possivel o garoto matar todos com uma .40 ? quero saber porque tu e especialista, obrigado e abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Peço licença para responder a esse questionamento.

      Exatamente pelo fato do Humberto Wendling ser um Policial Federal experiente, ele não poderia responder a essa questão. Pois todo investigador sabe que não se deve falar sobre algum crime sem que se tenha em mãos o inquérito policial, sem que se tenha trabalhado no caso, sem acesso aos laudos periciais.

      Sobre um garoto de 13 anos ter manuseado uma pistola de calibre .40 e executado adultos, isso é muito simples! Basta pesquisar no YouTube e verá muitas crianças praticando tiro com seus pais ao lado, claro, isso. nos Estados Unidos da América.

      Excluir
    2. é possivel um garoto de 13 anos atirar? sim...É possivel um garoto de 13 matar e depois ir pra escola assistir aula e depois se matar? IMPOSSIVEL, se o menino mata-se os pais nao iam estar ajoelhados de costas, e o tiro não seria tão profissional e ele se mataria tbm no mesmo estante ou fuguria

      Excluir
  19. Olá, acabo de comprar seu livro, pela baraúna para vc receber mais % rs. Tomara que ele chegue logo. Abs

    ResponderExcluir
  20. Não estou conseguindo comprar o smart carry holster pelo ebay. Não encontrei nenhum vendedor que enviasse ao brasil. Alguma dica?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Envie uma mensagem para o e-mail. Conheço alguém que talvez faça o coldre e o envie para você.

      Excluir
  21. Prezado Humberto, vc é instrutor de tiro na Academia Nacional de Polícia?

    ResponderExcluir
  22. Caro Anônimo, ministro aulas na ANP quando sou convidado para participar dos cursos de formação policial.

    ResponderExcluir
  23. Primeiramente quero parabenizar pelo blog e dizer que será uma honra se nos encontrarmos no primeiro semestre de 2014.

    Deixo pros colegas que visitam o blog esse artigo sobre às condições de andar ou não armados.

    http://www.mvb.org.br/artigos/ovelhasloboscaes.php

    André

    ResponderExcluir
  24. Humberto Wendling,

    Sou Escrivão de Polícia do ES, e procurei este coldre por meses e não encontrei. O Sr. sabe alguem que possa me ajudar????

    Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Envie uma mensagem por e-mail e eu informarei o número celular do fabricante. No aguardo. Forte abraço.

      Excluir
  25. Onde posso encontra orSmart carry holster no Brasil ? Grato

    ResponderExcluir
  26. boa noite, gostaria de saber sua opião sobre policiais de são executados por serem identificados por portar arma ou localizarem sua funcional

    ResponderExcluir
  27. Boa Noite, policiais a paisana são mortos simplesmente por serem policiais, reconhecidos pela arma ou funcional que carregam, qual sua opinião sobre o assunto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Considerando a natureza mental e espiritual do criminoso, o assassinato de policiais nos momentos de folga não me surpreendem. O que causa surpresa, entretanto, é o policial portar sua identidade funcional sem estar armado. A carteira funcional e a arma são parte de um todo e, por isso, não podem ser separadas. O policial que deseja o benefício da identidade funcional, mas não quer o encargo do porte da arma, está cometendo um erro grave. É como digo: é preferível ter uma arma e não precisar usá-la do que precisar e não ter uma. Um abraço.

      Excluir
  28. Sou agente penitenciário, possuo o porte de uma pt840 da Taurus, uma arma muito ruim de portar a paisano, enquanto eu não puder comprar uma arma descente pra portar, pois ainda existem barreiras pra isso, prefiro sair desarmado, fugir de problemas, evitar locais visados e situações que possam me colocar em risco. Apenas em viagens de carro eu levo.

    ResponderExcluir
  29. Qual a melhor arma para portar durante atividades esportivas como corrida e ciclismo, em termos de tamanho, leveza, manuseio, confiabilidade e segurança(caso eu venha cair durante atividade...)
    A Taurus TCP 738 ou a Glock G42 ( caso vcs conheça melhores, por favor me recomende)?
    Lembrando que a finalidade será para prática atividades superfície.
    Se puder recomendar também o melhor ocorre para portar a arma durante as atividade físicas relatadas logo acima.
    Obs: Sou PM em SP e pretendo comprar uma destas armas para a finalize porte ultra velado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prefira a confiabilidade da Glock. Observe as considerações do vídeo https://www.youtube.com/watch?v=-pK2I-BCKdU

      Excluir
    2. Optei pela G42 por uma questao bem simples, portar uma arma de pronto uso com munição na câmara engatilhada e apontada p/ seu próprio PINTO? Sem sombra de dúvidas, só Glock. Disparo só puchando o gatilho.

      Excluir
  30. Bom sempre que possível estou armado, mas ñ consigo estar sempre armado, nadar ou em roupas de banho é quase impossível, ao menos de forma velada.
    Comprei um desse do shorts e fui correr, cara na boa, dá ate´dá, mas é muito ruim.
    Para pedalar fiz uma adaptação em minha mochila de hidratação, mas só para o backup a principal ainda ñ consegui que fique escondida e de fácil saque, mas só em pedais nos dias de calor vou sem a principal (ñ uso roupas de ciclistas).

    ResponderExcluir
  31. Sou da opinião que toda pessoa de bem deve andar armada. Moleza p/ bandido jamais.
    O DESARMAMENTO nada mais é que uma política comunista p/ evitar a insurgência.
    O Brasil desandou geral, a bandidagem tomou conta e o que mais se houve é que temos que nos conformar, não reagir e entregar tudo.
    Isso é papo de comunista canalha que defende a bandidagem.
    Comigo não, eu sou civil, ando armado e p/ mim bandido bom é bandido morto.
    Nossa presidenta é uma assassina criminosa, assaltante de banco, ladra e comunista. Nossa justiça é piada e esse país não é mais um país de gente séria?
    Eu sou uma pessoa de bem, mas querem me tramsformar num idiota.

    ResponderExcluir